GNR Fans - Guns N' Roses Fan Site: Setembro 2013 GNR Fans - Guns N' Roses Fan Site: Setembro 2013

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Dj Ashba e Nathalia Henao se casam em Las Vegas


O guitarrista do Guns N' Roses/Sixx: A.M., DJ Ashba, e a modelo colombiana, Nathalia Henaocasaram-se na noite dessa segunda-feira (23/09) em Las Vegas.

A cerimônia aconteceu para cerca de uma dúzia de amigos na Little Church of the West, uma capela de 70 anos conhecida por casamentos de celebridades, incluindo Jon Bon Jovi, Elvis Presley e Lars Ulrich.

Ashba compartilhou a notícia com os seus fãs e postou no Instagram a foto da aliança de casamento do casal.

O músico conheceu sua esposa há três anos em Roma e a pediu em casamento em agosto deste ano. A proposta veio após um passeio privado em Las Vegas em um helicóptero da polícia, que acabou repercutindo na imprensa e gerando uma investigação interna pelo Departamento de Polícia de Las Vegas.

A foto ao lado foi postada em seu instagram seguida do texto: "É oficial!!! Decidimos fazer uma cerimônia muito íntima e privada esta noite. Foi além de linda, uma noite que nunca esqueceremos!!!! Teremos a grande cerimônia em Las Vegas em Janeiro para todos os nossos amigos e familiares. Fiquem atentos para mais detalhes!"



Fonte: whiplash

sábado, 21 de setembro de 2013

Bumblefoot comenta atrasos do Guns N' Roses


Ron 'Bumblefoot' Thal concedeu uma entrevista ao podcast semanal "Totally Driven Radio", da VOC Nation Radio Network, e comentou sobre os atrasos do Guns N' Roses para começar os shows. Confira abaixo o trecho:

"Isso não é algo que eu possa ignonar e fingir que não aconteceu. Sou, absolutamente, o que tem mais dificuldade com esses atrasos na banda."

"Estou sempre em contato com uma coisa muito simples: você faz música para fazer as pessoas felizes. Você faz um show, você se diverte  — como quiser chamar  —  você faz isso para fazer as pessoas felizes. E para ser feliz e compartilhar este momento especial juntos. E qualquer coisa que tire isso ou que desfaz ou cria o oposto é totalmente anti o por que você está fazendo o que está fazendo. Então, se há 20.000 pessoas que estão chateadas, é porque nós as deixamos ..."

"Quer dizer, porra, se eu tiver que esperar cinco minutos a mais em um consultório médico ou no trânsito ou algo assim, começo a ficar irritado. Então imagine duas horas. Sim, eu entendo; entendo perfeitamente. Não é que eu não me importo, é só que ... não há nada que eu possa fazer."

"Mas isso foi uma coisa muito difícil pra mim. Houve momentos em que eu simplesmente saia do palco e começava a ter um ataque de fúria ao lado. Eu tive dificuldade com isso e entendo, e eu sei. Não é só pela espera, e pelo fato de .... você faz isso com alguém que não esperava por isso e tem uma babá esperando, ou tem que acordar às 4 horas para o trabalho, ou os ônibus vão parar de circular logo, ou qualquer outra coisa."

"Eu já superei tanto ressentimento das pessoas. E elas tem o direito. Estou feliz que isso não acontece mais. E realmente, estou muito feliz que temos entrado na hora certa, perto da tempo, às vezes até mais cedo. E sei que os fãs estão muito felizes; as pessoas que vêm para o show estão muito mais felizes com isso."

"Há sempre os fãs que são, tipo, ' não, é um show de rock. Deveriam estar três horas atrasados.' Talvez para você, mas não para as outras 20 mil pessoas ... Todos temos responsabilidades. Aluguel não é o que era nos anos 70. Tem muitas pessoas que vivem com o dinheiro contado, e você não pode foder com isso. E entendo. E isso não é algo tipo, como ... Não estou criticando o Axl e nem nada. Eu entendo. Estou mesmo feliz que melhoramos com isso."

domingo, 15 de setembro de 2013

Pai e filho protestam contra ausência do Guns N' Roses no Rock In Rio


Reynaldo Nyari tem 45 anos, é taxista e apaixonado por Guns N' Roses. Aos 11 anos, seu filho - Reynaldo da Silva Nyari - herdou não só o nome, mas também seu gosto musical.

A dupla fez sua estreia em uma edição do Rock in Rio neste sábado (14), dia dominado pelo rock indie. Por conta disso, chamou a atenção o visual metal dos rapazes.

"Viemos vestidos de Guns para protestar contra o fato deles não terem sido convidados para o projeto", reclamou Nyari.

O taxista achou um absurdo a banda de Axl Rose ter sido cortada do evento por conta de seus problemas com horário, como na edição passada.

"Se pontualidade fosse requisito básico, o Tim Maia jamais seria convidado se fosse vivo?", questionou.

Apesar do tom de protesto, o loiro assumiu que está adorando os serviços oferecidos na Cidade do Rock. "Fui muito bem tratado, tudo está funcionando muito bem. Ótimo programa de família", brincou.

Fonte: musica.br.msn

terça-feira, 3 de setembro de 2013

Matt Sorum se junta a protesto contra a caça de golfinhos no Japão


Matt Sorum, ex-baterista do Guns N' Roses, se juntou a ativistas que protestaram contra a caça anual de golfinhos na vila de pescadores de Taiji, no Japão.

Sorum participou da manifestação ao lado de Ric O’Barry, um dos criadores do documentário “The Cove” (vencedor do Oscar de Melhor Documentário) e ex-treinador dos cinco golfinhos fêmeas (Susie, Kathy, Liberty, Patty e Sharky) que participaram do seriado Flipper. Depois de perder Kathy (sua preferida) em seus braços, fundou em 1970 o Dolphins Project (Projeto Golfinho) e passou a se dedicar a luta contra a matança e a qualquer forma de cativeiro destes animais.

Cena do documentário The Cove 
O documentário mostra os golfinhos sendo levados para uma enseada (cove) onde são golpeados com lanças e facas até a morte. Alerta ainda sobre o risco de contaminação da carne por mercúrio. Aproximadamente 23 mil golfinhos são mortos anualmente no Japão.

Os pescadores dizem que a caça faz parte da tradição de sua aldeia e chamam os críticos ocidentais, que comem outros tipos de carnes, de hipócritas. Alguns grupos nacionalistas acusam O'Barry e os ocidentais de interferirem na cultura japonesa.

Durante uma entrevista O’Barry foi perguntado se estava cansado de tanta luta. “Sim, preferia estar em casa com minha filha, regando meus bambus. Eu acho que vou lutar até o fim, mas não sei se vou ter tempo para ver a vitória. Tudo bem. Tenho paciência e combato sem raiva. Você acha que gosto de usar um colete à prova de balas e andar com seguranças? O que eu queria mesmo era ficar com os golfinhos.”

Matt Sorum e Ric O'Barry em Taiji, Japão.
Sorum chegou em Taiji no dia 01 de setembro (domingo), quando se inicia a temporada de caça,  "É como um terrível pesadelo, estou assistindo a isso como se estivesse numa realidade alternativa, surreal, olhando com absoluto descrédito o que está acontecendo na minha frente” disse em uma entrevista por telefone para a revista Billboard, após presenciar a matança.

O baterista também pretende organizar um festival de rock em Tóquio em apoio a campanha e espera contar com músicos japoneses e ocidentais, incluindo sua nova banda, Kings of Chaos.

Caso você tenha interresse em assistir ao documentário, confira abaixo:

“The Cove” (A Enseada)