Dj Ashba: "Não tento ser o Slash" | GNR Fans - Guns N' Roses Fan Site GNR Fans - Guns N' Roses Fan Site: Dj Ashba: "Não tento ser o Slash"

quinta-feira, 15 de maio de 2014

Dj Ashba: "Não tento ser o Slash"


Kristyn Clarke do UnskinnyPop.com, recentemente conduziu uma entrevista com o guitarrista Dj Ashba (SIXX: A.M. / Guns N' Roses). Confira abaixo alguns trechos da conversa:

Sobre fazer parte de uma banda lendária como Guns N' Roses:
"Isso tudo para mim ainda é surreal. De vez em quando tenho que me beliscar. Geralmente não, só até alguém me fazer essa pergunta e paro para pensar sobre isso, já que estou tão envolvido no trabalho. Sim, é surreal, especialmente olhando para trás, indo cantar 'Paradise City' e Duff [McKagan] está lá cantando comigo, é tipo, 'Uau!' Então olho para Axl [Rose], é muito surreal e legal, um momento incrível."

Se os fãs podem esperar para ouvir alguma música nova do Guns N' Roses num futuro não muito distante:
"Quando entrei na banda, há cinco anos, eles tinham material para três álbuns gravados. Há uma tonelada de coisas que ninguém ouviu falar que é muito, muito bom. Claro, sou um compositor, produtor e assim que são muitos dos outros caras, então cada um tem sua pilha de canções. Estamos em um ponto onde não temos falta de material, temos em abundância. Realmente temos que nos sentar e peneirar isso e fazer o melhor sentido de tudo."

Sobre seu estilo de tocar guitarra e dominar o catálogo do Guns N' Roses, dando as canções seu próprio estilo, embora ainda permanecendo fiel ao original:
"Penso que o estilo de alguém vem de como estão tocando e não o que estão tocando. Mas a coisa que percebo é o quão importante que é este trabalho e como é importante para os fãs ouvir essas músicas, assim como é para mim. Não se esqueça, eu fui um fã de Guns N' Roses e amo a banda e as músicas. Eu cresci ouvindo Guns N' Roses como todo mundo. Então penso, 'Como iria querer que alguém a tocasse?' é a pergunta que me faço. Se eu visse esse cara novo no palco, iria querer que ele fosse fiel àquelas canções o quanto possível? É meio fácil depois de tirar sua pele analisar isso. Tento manter fiel as músicas o quanto posso e olho para o futuro sobre onde eu realmente possa colocar minha marca na banda."

Sobre "A coisa mais mal compreendida sobre você":
"Eu não leio muito sobre mim mesmo além do que está nas minhas redes sociais. As pessoas parecem saber mais sobre mim do que eu mesmo. Acho que as pessoas confundem sobre eu entrar no Guns N' Roses... Digo, vi alguns comentários que diziam: 'Ei, ele está tentando ser Slash.' Bem, isso não é verdade de modo algum. Acho que ele tem sua própria personalidade e tenho muito respeito pelo que ele fez para a banda, tanto quanto o seu trabalho de guitarrista e seu material. Eu cresci amando a banda e essa coisa toda é meio estranha para mim. Eu obviamente tenho minha própria personalidade e fiz o que qualquer um faria no meu lugar, apenas manter a música viva, fazer tudo o que você puder para manter fiel àquela música o quanto possível. Eu acho que essa é a coisa respeitosa a se fazer. Penso assim"

Fonte: blabbermouth

Nenhum comentário:

Postar um comentário