Axl Rose recusou 50 mil dólares para sair do Guns N’ Roses | GNR Fans - Guns N' Roses Fan Site GNR Fans - Guns N' Roses Fan Site: Axl Rose recusou 50 mil dólares para sair do Guns N’ Roses

sexta-feira, 1 de março de 2013

Axl Rose recusou 50 mil dólares para sair do Guns N’ Roses



Em entrevista ao site AntiMusic o produtor e empresário, Kim Fowley, revelou que Axl Rose recusou uma proposta no valor de 50 mil dólares em dinheiro para sair do Guns N’ Roses antes da banda fazer sucesso. Confira abaixo:

Kim: Eu posso te contar uma história verídica sobre Axl Rose e daí eu tenho que ir embora. Eu trabalhava com um empresário rico de uma banda difícil que tinha problemas com drogas e álcool e eles eram amigos de Axl. O cara que estava patrocinando essa banda desconhecida estava saindo com a mãe do líder da banda. Então ele disse, “Eu não sei não, com essa banda que eu estou investindo”. Ele estava me pagando três mil por semana pra ser a babá deles, produtor, técnico, psicólogo, professor de composição musical, divulgador, etc. Eu estava acumulando 10 funções. Ele disse, “Alguma coisa me diz que esses caras não vão dar certo. Você conhece alguém que seja esquisito e estranho e difícil, mas que possivelmente valha disco de platina?” E eu, “Sim, o Guns N’ Roses”. “Beleza, vamos dar uma olhada. Ah meu deus, você está certo. Okay. Chama o vocalista aqui no estúdio amanhã.”

Daí estamos todos no estúdio com a banda desconhecida e chega Axl sozinho. E o empresário vestia um terno de 2 mil dólares e ele disse, “Bem, vocês são ótimos. Eu quero ser o empresário e dono da empresa de produção de vocês, etc. E eu quero que Kim Fowley grave e produza bem aqui nesse estúdio. E pra mostrar o quão sério eu estou falando, eu vou abrir essa maleta e mostrar o que está dentro. Você pode ir embora com a maleta.Ou ligar pros caras e ir embora, eu pago o táxi se você não tiver gasolina suficiente. Vá em frente, Axl, abra a maleta.”

E Axl abre a maleta e tem 50 mil dólares em dinheiro. E o empresário diz, “O que você acha?” e Axl diz, “Com todo o respeito, senhor, seja lá quem for. Isso não é o suficiente para o Guns N’ Roses. Vamos ser maiores do que isso. É apenas uma questão de tempo. Direi 'não' educadamente e irei embora. Vou fazer muito mais dinheiro do que isso no nosso primeiro contrato com os meus camaradas. Por que você não ajuda esses caras? Eles merecem. Eles provavelmente não são tão bons quanto nós, mas se você vai gastar isso, gaste com eles, porque você já está trabalhando com eles. Eu preciso ir ensaiar. Foi bom ver todos vocês. Tchau.” E todos nós o aplaudimos [risos] O que é que você vai fazer, né?

Daí ele chamou um táxi. Tínhamos o dinheiro pro táxi e ele se foi. E eu sempre pensei que, de todos os músicos passando fome que eu já tinha visto mesmo os que deram certo ou não, ele foi o único que sabia exatamente o quanto ele valia, e como não entrar em pânico. Porque era muito dinheiro pra qualquer um. E ele simplesmente não estava interessado. E claro, eles receberam 75 mil para assinar com a Geffen.

E no dia que eles fecharam o contrato, eles deram o cheque pra ele. Ele veio até o Rainbow Bar & Grill, ele me viu lá e lembrou que eu o havia recomendado. Ele disse, “Você vai gostar disso”. E ele abriu a jaqueta dele e ele tinha um cheque de 37,500, que era metade dos 75 mil e daí eles receberiam a outra metade quando começassem o álbum. Daí ele me disse, “Tá vendo, eu te falei que conseguiríamos mais”. Eu respondi, “Vocês conseguiram. Quando é que você vai descontar isso?” E ele, ”Amanhã, os bancos estão fechados. Então paga um jantar pra mim”. E eu disse, “okay”. [risos] E foi isso. E ele sentou ali e ele descolou um jantar grátis [rindo] e com os 37,500 dele e foi embora. Ele comeu filé e adoramos. Bom pra ele. E é assim que eu conheço Axl. Eu conheço aquele Axl. O tipo de cara que tinha tudo sob controle. E no fim das contas, estamos falando dele. Agora você me entende? [...]


Fonte: Whiplash

Nenhum comentário:

Postar um comentário