Assista ao show completo do Guns N' Roses do incidente de St. Louis | GNR Fans - Guns N' Roses Fan Site GNR Fans - Guns N' Roses Fan Site: Assista ao show completo do Guns N' Roses do incidente de St. Louis

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Assista ao show completo do Guns N' Roses do incidente de St. Louis



Confira na íntegra um dos maiores tumultos já acontecidos em shows de Rock. O show do Guns N' Roses em St. Louis, Estados Unidos, em 1991.


Em 2 de Julho de 1991 o Guns N' Roses tocou em St. Louis. E no mesmo local estava acontecendo um evento, na parte externa, de motoqueiros. Os quais ganharam o direito de assistir ao show de graça.

Desde o início da apresentação um motoqueiro, chamado "Stump", provacava Axl Rose o tempo todo. Ele escrevia coisas ofensivas para que Axl os lê-se. E assim ele continuava música após música, até que se lembrou que não podia tirar fotos, então, pegou sua máquina fotográfica e começou a fotografar.

Durante a música "Rocket Queen", Axl percebe e pede aos seguranças que tirem a câmera do sujeito, "Hey peguem aquilo....peguem aquilo agora!!". O segurança era amigo do motoqueiro e não tomou nenhuma atitude. Após perceber que eles não fizeram nada, disse "Eu pego então, caralho!!", pulou na multidão e deu um soco na cara do encrenqueiro. Ao voltar para o palco disse, "Bem, graças à segurança de merda eu vou embora". Então jogou o microfone no chão e saiu. Seguido pouco depois pelo resto da banda. 

Cerca de 20 minutos se passaram e as luzes continuaram apagadas. Quando as luzes se acenderam e os roadies começaram a retirar os equipamentos do palco a multidão se enfureceu. Começaram a vaiar e jogar copos de cerveja, refrigerante, cadeiras e tudo que estava ao seu redor no palco.

Um segurança da banda tentou impedir a confusão, dizendo que eles voltariam para tocar. Mas era tarde demais, já estavam fora de controle. Pouco tempo depois veio o anúncio que o show estava cancelado.

Fora de controle, os fãs abriram caminho para o palco e destruíram os equipamentos da banda. Uma mangueira de incêndio foi usada para afastar as pessoas que tentavam entrar na área do palco. O caos prosseguiu por aproximadamente 45 minutos até que a polícia colocasse a situação sob controle.

Ao deixar o local, os fãs eram vistos saindo com partes do palco e equipamentos.

Axl Rose foi acusado de ter incitado a revolta. Ele disse que a equipe de segurança da banda já havia feito quatro pedidos para o pessoal da segurança local retirar a câmera, e que todos foram ignorados. Membros da banda relataram que foram atingidos por garrafas vindas do público e que os seguranças foram negligentes. Em entrevista, concedida na época, Axl disse:

"Eles acham que eu fiz isso só porque eu queria impedir alguém de tirar minha foto. A câmera foi a gota d'água, a última coisa. Eu estava cansado, naquele momento, com a segurança na frente. Eu pensava: 'Algo não está certo aqui. Por que existe essa atitude estranha, essa passividade, na segurança?' Não havia nenhuma sensação de que eles estavam no mesmo time que nós. Seus sentimentos em relação a multidão não estava certo. Um menino e uma menina foram empurrados, enquanto os motociclistas desordeiros são permitidos a fazer o que quiserem. O que está acontecendo? Eu estava muito confuso."


"Durante "Jungle", vi um cara da segurança empurrar um jovem garoto e andar cerca de quatro metros pelo corredor, só para agir duro e mostrar ao público que ele era o cara. Em seguida, ele virou para mim com um sorriso de orgulho no rosto. Eu olhei para este pateta, enquanto ele me olhava com este orgulho no rosto e dizendo, "veja o que faço com os seus fãs?" Levei alguns dias para compreender o olhar em seu rosto... Eu estava muito confuso. Era como, 'O que está acontecendo com esses caras?' "


"Muitas pessoas não sabem que tentamos voltar, mas descobri que a bateria foi danificada , então não poderíamos tocar. Sentimos que tínhamos uma chance melhor de acalmar todo mundo do que a polícia, mas naquele momento tudo tinha ido longe demais. Disseram-nos para ir embora e agora estão dizendo que não se lembram disso."

Confira o vídeo abaixo:


Nenhum comentário:

Postar um comentário