Juiz rejeita ação de Axl Rose contra Activision | GNR Fans - Guns N' Roses Fan Site GNR Fans - Guns N' Roses Fan Site: Juiz rejeita ação de Axl Rose contra Activision

domingo, 10 de fevereiro de 2013

Juiz rejeita ação de Axl Rose contra Activision


De acordo com o San Marino Tribune, o juiz Charles Palmer do Tribunal Superior de Los Angeles rejeitou o que restou da ação do líder do Guns N' Roses, Axl Rose, contra a gigante do vídeo game, Activision Blizzard. Axl Rose processou a empresa em novembro de 2010, alegando que eles usaram a imagem do Slash no jogo Guitar Hero III após prometerem à ele que o jogo não faria qualquer referência ao ex-membro do Guns N' Roses. Axl reclamou que esta era a condição para ele concordar em licenciar a música "Welcome To The Jungle" para uso no jogo.

O juiz Palmer ouviu mais de duas horas de argumentação em 31 de janeiro sobre as alegações da ação judicial do contrato antes de apresentar o caso. Na terça, 7 de fevereiro, ele afirmou sua decisão provisória e descartou as demais causas da ação.

Palmer já havia indicado previamente que ele estava inclinado a negar o pedido de Axl Rose pelo fato de o vocalista não ter registrado o pedido antes do prazo de três anos após o lançamento do jogo em Outubro de 2007. Axl disse que não estava ciente da aparição da imagem de Slash no jogo antes do prazo, porém documentos do caso indicaram que um advogado da Actvision havia enviado um e-mail para o vocalista do Guns N' Roses sobre isso quando o jogo fora lançado.

Axl Rose disse em depoimento, "A razão que eu não abri a ação [mais cedo] é porque a Activison - através de meus gerentes e representantes - me ofereceu um jogo separado e outras propostas no valor de milhões de dólares para resolver e prover meus direitos reclamados em relação ao 'GHIII'."

Ele acrescentou, "De dezembro de 2007 até novembro de 2010, a Activision ofereceu a mim um jogo dedicado ao Guns N' Roses, um jogo dedicado às músicas do álbum 'Chinese Democracy', e outras propostas."

Embora a equipe de Axl Rose tenha tentado apontar os e-mails sugerindo que existia um acordo para a Activision não usar as imagens ou músicas relacionadas com o Slash, o juiz Charles Palmer respondeu, "A única evidência extrínseca - argumento externo - suporta a interpretação da Activion e não a de Axl Rose."

Fonte: Babblermouth Tradução: Whiplash 

Nenhum comentário:

Postar um comentário